sábado, março 20, 2010


Livros, sorrisos, abraços calorosos, surpresas boas,

três dedos de conversa ou mesmo uma mão cheia...

encontros e reencontros...







41 comentários:

Maria disse...

Surpresas boas... livros...

Abraço. Caloroso.

arabica disse...

Maria :) transmissão de pensamentos? :))) ahahah um abraço, amiga!

Alien8 disse...

E o copo não durou muito: Já por aqui??? :)))

Surpresas, sim :) E boas.

Um abraço - e obrigado!

arabica disse...

Alien, copo adiado em forma de bjeka para um outro qualquer dia...depois do café ficamos-nos por um copo de três de riso e ar à esquina :))

Estamos cotas....!!!!

:)

Abraço, Alien, feliz, feliz! :))

Rosa dos Ventos disse...

Correu então muito bem? :-))

Abraço

augusto, um entre mil disse...

Hoje e manhã o cheiro no mercado era intenso. Agora já estou com os cavalos e com o burro...

Boa semana.

augusto, um entre mil disse...

...de manhã...

arabica disse...

Rosinha, eu julgo que correu mesmo muito bem, vi a Teresa rodeada de tanto bem querer e alegria pelo evento, vi tanta boa disposição nos rostos...! :)

Informal e à vontade, foi na minha óptica um encontro de amigos bem sucedido! :)

Abraço até aí já que não foi por aqui :)

arabica disse...

Augusto,

levaste-lhes cenouras frescas do mercado, levaste? :)

Os mercados têm cheiros e cores intensas. Vozes e sons, também, no eco do espaço.

Boa semana de pastoreio! :))

Boas "férias" para ti, pela melhor das causas.

Beijos

pb disse...

Uma encruzilhada de vidas!!

arabica disse...

Paulinho, ai que dramático!! :))

Beijinhos

arabica disse...

Vai este menino (o portatil) aos banhos anuais de anti virus, um grande abraço para todos.

Rui disse...

Se os lançamentos são as desculpas necessárias para ajuntamentos, eu tenho lá por casa um petardo dos tempos da claque que posso lançar.

MagyMay disse...

Que radioso, aqui. Todos com ar de bons encontros!!!
... também queria ter esse arzinho em mim...

(carpir=menininha que lamenta o que não mexeu uma palha para ter)
Ando a perder peças da máquina...

Abraço e boa semana

Mar Arável disse...

Com livros e outros amigos

tudo bem

Bj

O Árabe disse...

Taí... uma bela receita! :) Boa semana.

Justine disse...

E fios que se entretecem para durar, fundo dentro de nós.
Cmo diz o Rui, vamos fazer outros "lançamentos"...)))

Enfermeiro do Turno da Noite disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Enfermeiro do Turno da Noite disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
arabica disse...

De um cyber, que já tinha saudades de teclar sem quedas subitas no buraco negro do azono, aplaudo todos os objectos e coisas passíveis de lançamentos e de serem lançados, tal como pratos velhos e cascas de tremoço :))

Vou aproveitar a tarde de sol e lançar-me rua abaixo :))

bEIJOS :))

© Piedade Araújo Sol disse...

:):):):)

Barbara disse...

Fios conduzem.
Gente...nem sempre.
Genial a tua idéia.

legivel disse...

os fins de dias assim
são necessários:
ajuntamentos,
aniversários
e lançamentos
que venham mais
mas sem petardos
que matam os pardais.

Beijos e abraços.

Inês disse...

Uhu, livros e delícias novas?
Frequentarei teus espaços...
Um beijo.
Inês.

casa de passe disse...

Reecontros!...Quem me dera, mas velho como sou, pouca gente que passou pela minha vida poderei encontrar. A grande maioria já partiu e os que ainda vivem vegetam em tristes e desconfortáveis lares.
Mas não me queixo, vou vivendo com as minhas recordações.


Ernesto, o avô

arabica disse...

Pois muito satisfeita fico por ver aqui sorrisos e poemas -com excepção do comentário do avô Ernesto que compreendo, sabendo-o na sua proveta idade entregue numa casa de passe onde nem sempre as raparigas lhe dão os medicamentos para a artrite reumatóide a horas, nem lhe colocam o emplastro leão com o devido cuidado...!

Inês, pois logo que me seja possível visitarei também o teu espaço, fica combinado...!

E dizia eu, optimista incurável que o portátil ia a banhos de antivírus...! Qual quê! :(( dizem-me ser coisa "hard", muito mais complicada que um virus que demora três dias! Imagino que seja tipo operação à coluna...coisa para duas ou três semanas! :((

Vou passando...

Treinem os lançamentos e...

:))

Daniel Aladiah disse...

Querida Arabica
Sempre nos mostras fios que atravessam os ares... algumas palavras fazem o ponto da situação...
Um beijo
Daniel

arabica disse...

Caro Daniel,

estão sempre tão descaradamente visiveis os fios!!

Não andassemos nós tantas vezes cabisbaixos, olhos postos no cinzento do asfalto ou nos buracos do passeio e veríamos mais riscos no céu...! :)

Quanto às palavras, espero que com efeito façam o ponto justo da situação...nem mais nem menos...mas no ponto...:))

Um abraço, Daniel.

~pi disse...

wish i was there... i will, i will!! :)


e olhar pra cima
como quem se espalha guloso

de ares

muito além dos fios já tecidos!!



e... beijo
até já





~

arabica disse...

oh minha ~ voadora,




eu sei que sim

que um dia estarás

mais uma vez :))

Beijinhos

O Árabe disse...

Boa semana. Aguardo o novo post. :)

jorge vicente disse...

páginas
sorrisos
poemas

la musique
le desert!

Gasolina disse...

Pois que o copo não tarde, que para festa e mãos de conversa chego mais a tempo (do que responder atempadamente aos comments)

E a dose: quando retorna sem intermitência?

maré disse...

um beijo...

e porque não uma boa chávena de chá

que aqui no norte o vento sopra furioso e um ribombar de trovão nos encolhe a palavra.

Duarte disse...

Lindo!!!

É nesse ir e vir que a vida se faz...

Um grande abraço

O Árabe disse...

Aguardando o novo post. Boa semana! :)

Naty e Carlos disse...

As pessoas não se tornam especiais pela maneira de ser ou agir, mas pela profundidade em que atingem nossos sentimentos
Uma boa semana
bjs com carinho

maria manuel disse...

muito obrigada pela visita ao meu sítio e pelas palavras deixadas :)

abraço.

augusto, um entre mil disse...

...ainda de quarentena!?

segurademim disse...

... gosto desse céu azul e das linhas cruzadas e suspensas

fios condutores de novos horizontes e paragens

:)

arabica disse...

Árabe, Jorge Vicente, Gasolina, Maré, Duarte, de novo Árabe, Naty e Carlos, MManuel, Augusto, Segura,

confesso que agora sim, ressaco já da falta das teclas, sem saber ainda quando me entregam o portátil (coitado, desconfio que nasceu no género feminino e está menopausico, tal tem sido a dificuldade em consertar o seu sistema de refrigeração);saudades de escrever nos meus espaços -este dentro do outro, a sala em tons de sobremesa doce, chocolate baunilha e morango, com as minhas músicas, a passagem pelas fotos, a caneca do café ao lado, o cigarro com o seu fumo bailarino entre os dedos...saudades de vos ler, sorrir, emocionar-me, pensar, seguir os vossos raciocinios, ligar-me, rir-me com os posts engenhosos do Legível, enfim, estar convosco, depois de uma quarentena afastada pela avaria do portatil, mas não só...

Imaginem que há um mês atrás achava que este blog já tinha dado tudo o que tinha para dar e hoje, aqui estou, confessa saudosa dele :)

E vossa.

Um abraço para todos.