sábado, novembro 14, 2009

.
.
.
"...não é bem um silêncio...
é uma ausência de voz..."




24 comentários:

Mar Arável disse...

A ausência de voz

oferece mais musicalidade

ao silêncio.

A alguns silêncios.

MagyMay disse...

... sublime, assim.

Maria disse...

Soberbo!

Um beijo, em silêncio

Duarte disse...

Boa selecção musical, adorei! Esse "saxo"...

Adequada á imagem, mas mesmo assim percebo o som que inunda as fendas da madeira, já carcomida pelo tempo e o oxido. Boa instantânea.

Um forte abraço e beijinhos

maré disse...

assim


tão lucida mente

silencioso.


______

beijo

Alien8 disse...

Bela música, Arabica!

A voz ausentou-se saindo pelo buraco? :)


Bom domingo! Beijos!

Fred Skill (fredskill@gmail.com) disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Fred Skill disse...

(Desculpa ter eliminado o comentário anterior. Assinou o pseudónimo errado... :))

Se o que tens a dizer não é mais belo do que o silêncio, então cala-te.
(Disse, Pitágoras)

Nem de propósito. Acho que adivinhavas que eu tinha de colocar aqui o meu:

OUVIR O SILÊNCIO

Tenho algo para dizer
Não sei se é belo
Não sei se calo
Não sei se interessa
Tenho algo para escrever
Sei que tenho pressa
Sinto o embalo
Sinto que é belo

Mas não mais do que o silêncio...

Não sei se guardo
Sei que quero
Quero gritá-lo
Talvez o liberte
Talvez sem alardo
Esperar que desperte
Simplesmente dá-lo
É isso que eu quero

Mas não mais do que o silêncio...

Vou querer ignorar
Saber que nada sei
Não é original
Mas tenho que o dizer
Vou querer partilhar
Nem quero saber
Se está bem ou está mal
Quero dizer o que sei

Mas não mais do que em silêncio...

«»«»«»«»«»«»«»«»«»«»«»«»«»«»«»«»

E também a propósito deste tema, tenho um amigo (de longa data) e que até é teu familiar (;), que me disse assim um dia:
"Os bons amigos, por vezes, trocam uma boa conversa por um bom silêncio..."

...Silêncios de ouro...

Beijinhos

Humana disse...

um silêncio vazio.

mas eu não acho que esta tua imagem o represente.

um abraço grande, arábica.

Sandra disse...

Ouço a voz do piano e do saxofone e dizem-me tanto, mas tanto, ao contrário de algumas vozes humanas que vou ouvindo...

:)

Sandra disse...

Arábica:
lancei-te um desafio no meu estaminé. Vem ver. Obrigada
:)

bettips disse...

Uma ferrugem nas palavras...
Beijos V.

Barbara disse...

Ausência.
Nem tanto.
Expressastes.

augusto, um entre mil disse...

Calarem-se as vozes.

Ouvir-se o mar.

isabel mendes ferreira disse...

em estado de maRAVILHA. ENTRO E SAIO.





beijo.

Rosa dos Ventos disse...

Esta ausência de voz diz muito!

Abraço

Lizzie disse...

Não consigo ouvir a música.
Esta coisa remeteu-me ao silêncio.:)Está morta de som.

As vozes são muitas vezes excessivas. São muitas vezes de mais para o apetite de silêncio, tornando-o um produto de luxo, uma pausa num mundo cheio de sons e ruídos obrigatórios.

Agora, de repente passei a ouvir.

Para mim,desde que sou grande (porque em pequena o ouvia a qualquer hora), o saxofone é um instrumento nocturno. De noite funda. Lembra-me avenidas desertas, de preferência com chuva. Lembra-me a luz dos faróis no asfalto.

Quanto à fotografia, parece-me que os pregos estão ali há tanto tempo que já começaram a sangrar. Provavelmente, suspiram por um buraco que os torne soltos.

Pobre do prego que tem uma vida oxidada:)

Boa semana!

heretico disse...

afónico(s) silêncio(s). sem eco...
doem...

beijo

JPD disse...

Gosto muito da música;
Acho a ilustração adequada.

Gosto de ambientes assim: um piano e um saxofone (Um exímio simulador da voz...)

Bjs

mdsol disse...

Q. Arábica

Palavras e sons sempre consoladores.
Beijinho
:)))

Justine disse...

Sinto-me reconfortada com a música e com a soberba fotografia. Sobre os silêncios e as ausências de voz não estou em condições de pensar, tão cheia de ternos ecos ando:))
Abracinho silencioso mas significativo!

alecerosana disse...

a ausência de voz, umas vezes voluntária outras casual...

Beijo

legivel disse...

.. quase me apetece dizer que um mal nunca vem só:
ausência de voz e um buraco desse tamanho na porta da casa de campo, bem podes tirar o sentido aos tarecos que lá tinhas.

(esta gente não acredita que há bruxas... amigas do alheio )

beijos e sorrisos.

Lisa Alves disse...

e as vezes essa ausência causa uma catastrofica surdez.:)