domingo, novembro 22, 2009

Bem me parecia que me estava a esquecer de algo. Olhava à volta e não conseguia perceber o quê. Que coisa teria eu posto numa lista de espera apenas existente na memória que continuava a piscar por ainda não ter sido realizada? Verifiquei duas vezes a máquina de lavar roupa, olhei de soslaio para a de louça. Tudo pacifico. Espreitei a dispensa e corri as varandas. Nada. Remexi na mochila em busca de um papel que me servisse de auxilio. Não existia papel. Casa aspirada, tudo no sitio e penso: vou visitar os amigos do costume, desejar uma boa semana, ler tudo quanto escreveram nos últimos dias. E é quando esta pequena dose de tempo meu e vosso -nosso- abre, que por fim o alarme dispara descontrolado em luzinhas intermitentes: a pequena dose insegura nascida de uma qualquer travessa da espera e de uma chávena de café, fez ontem um ano!

Escrevi mais do que alguma vez, pensei escrever.
Fui mais lida do que alguma vez, imaginei ser.
Fiz mais amigos do que alguma vez, esperei fazer.

Se voltei hoje é porque vos gosto de ler, de ter, de saber, de pertencer.

Que se lixe a boa escrita, que se lixe hoje a escrita poética.


Brindemos à amizade, aos bons momentos (e aos maus, que com vocês ao meu lado pareceram menos difíceis) brindemos às empatias, às solidariedades, brindemos aos caminhos que fizemos de alguma forma juntos, porque se vos leio e se me lêem e se eu comento e se me comentam, de alguma forma em algum momento, estivemos juntos, lado a lado ou olhos nos olhos.

Brindo a vocês!

E que a pequena dose me perdoe, mas hoje não há café.


Obrigada por este ano. Um abraço, com tudo o que sou, com tudo o que me ajudaram a ter.






40 comentários:

Maria disse...

Um tchim tchim e um grande abraço, Arábica!

Licínia Quitério disse...

Tchim-tchim, Arábica! Assim passou um ano, em doses maiores ou menores, mas sempre na dose certa da convivialidade e da partilha. Textos, músicas, pinturas, fotos, pedaços de ti que por aqui vão passando e animando este sítio onde de bom grado poiso o olhar.
Celebremos, pois! Vai mais um golinho, sim senhora. À tua! À nossa! À Vida!!

Um especial abracinho, hoje.

Mar Arável disse...

Brindemos

BJS

mdsol disse...

Oh minha querida: Muitos parabéns e que venham muitos mais posts e anos e tudo e tudo e tudo...
Um beijinho

:))))

JPD disse...

O mínimo que poderá ser (re)desejado é a comemoração de mais um ano.

Saudações

alecerosana disse...

Brindemos!! Que as letras continuem a entrelaçar-se...

Abraço apertado :)

Duarte disse...

Muitos parabéns!...

Em pequenas doses
Fui que tudo começou.
Já lá vai um ano, agarrou!
Bela esta metamorfoses…

A música convida, há festa... chim chim... danças?

Que nos sigas deleitando com a tua escrita.

Beijinhos, de boa amizade

triliti star disse...

ergo o meu copo

À TUA !

uf! disse...

tchim-tchim!

uf! disse...

tchim-tchim!

Laura disse...

E eu brindo a ti e à tua escrita!
Bem hajas pelo que nos trazes.
Um beijo.

Rosa dos Ventos disse...

À tua, à nossa!
Parabéns!

Abraço

Fred Skill disse...

Quem tem bastante no seu interior, pouco precisa de fora.
(Goethe)

Brindo também.

De pequena dose em pequena dose...
Enches o blogue de amigos...
:)

a magia da noite disse...

sem café é que não pode ser.

MagyMay disse...

Brindemos... em grande dose, Arabica!!!

... até ficarmos/sermos felizes.........

Lola disse...

Arabica,

Brindemos pois.

Eu estou de volta, com saudades e vontade de ler tudo o que tens escrito.

Haja tempo.

Beijos granes e Parabéns e Obrigada pela tua companhia.

Sandra disse...

Nada melhor que um brinde a esta hora da noite, com o estômago já forrado com o jantar.

Obrigada por este Grande blogue de pequenas doses feito.

:)

Arabica disse...

Um obrigada contente e meio embriagado (diga-se em abono da verdade com tantos tchim tchim) pela vossa passagem por aqui.

Vamos-nos encontrando por aí :)


Beijos

Justine disse...

Brindemos à vida e à amizade, amiga! Em pequenas e grandes doses!!
Um abraço apertado:))

bettips disse...

Felizmente passei a tempo...!
Somos casas, somos nadas ...somos habitantes, desertos, senhores e servos. Existimos num acaso, encontrámo-nos num lugar de nenhures.
Mas brindo-te!!!
Parabéns pelo que conseguiste e consegues.
Beijos

MagyMay disse...

Ora....
... cá, vai... mais... um... grande brinde...

........ Ttchim Ttchim!!!

(yke...yke, cada vez que venho aqui brindo... yyykkkkkeeeeeee....)

O Árabe disse...

Brindemos, sim. Em homenagem a este ano, que te agradecemos. :) Bom resto de semana!

pb disse...

Um Brinde a ti, Mulher !!

Rui disse...

A ver se o segundo aniversário tem direito a festarola, que festarolas fazem falta.

Abraço grande.

JOSÉ RIBEIRO MARTO disse...

BRINDEMOS POIS!
ABRAÇO
___________ JRMARTO

maré disse...

Bem, eu acho que estou com uma crise de fígado... : )

posso brindar com qualquer outra bebida?

Ergo a minha ( ) e brindo também sempre que me dás estes presentes musicais.

________-

um beijo arábica

Daniel Aladiah disse...

Querida Arabica
Claro que ergo o meu copo à amizade e ao tempo que se preenche com o contacto virtual das letras, das histórias, das emoções, que aqui trocamos.
Um beijo
Daniel

legivel disse...

O que vale é que há sempre motivo para brindarmos a qualquer coisa, honra nos seja feita o que, de certo modo, nos faz esquecer por momentos, os momentos mais cinzentos (ou menos coloridos, se assim se quiser).
Um ano passa tão depressa que quase não se dá por ele. Mas ficam as palavras (escritas ou não) trocadas. Amigas.

Brindo a isso, claro, e fazendo-te notar que o teu copo está quase vazio.

Beijos e sorrisos.

Alien8 disse...

Arabica,

Tem sido um belo ano de amizade, convívio, troca de ideias e receitas (e não só de culinária), leitura, música, imagens e imaginação, e muito mais.

Por tudo isso e porque sim, brindo contigo e dou-te os meus parabéns.

Um abraço grande.

Arabica disse...

:)) sem vocês nada disto era possível. Desde há uma semana que comentário a comentário tem sido brindado pela partilha e presença.

Mesmo neste meu novo "tempo" a espernear por tempo, quero que saibam que embora as visitas não se realizem de forma assidua, não foram, não são esquecidos.


Espero que o vinho não azede, pois o próximo post tarda em se desembaraçar das mãos! :))

Beijos e uma boa semana!

~pi disse...

a tua-casa-tu

espaço de luz

caminho

esse corpo central

esse copo

assim, belo como

estrela-via-láctea

verde brindar

vermelho-azul :)





beijo, vanda






~

Humana disse...

ufa! cheguei a tempo de erguer a minha taça, para comemorar contigo o primeiro aniversário deste blog.

um abraço meu e muitas marradinhas afectuosas da bicharada do "pequeno jardim".

heretico disse...

prazer em ler-te.sempre.

brindemos,pois!

beijo

alice disse...

:) soube-me bem ler-te. beijinhos.

Marina disse...

leio com prazer tudo o que escreves
beijinhos

augusto, um entre mil disse...

Bebo um copo, sim, e brindo a todos vós (e a mim).

E oiço.

M. disse...

Tchim! Tchim! (Ainda que atrasado...)

O Árabe disse...

Boa semana, amiga! :)

mfc disse...

Muitos e muitos parabéns por este aninho de recados retribuídos.

Tchim... tchim...

Arabica disse...

Não fechou o "bar aberto" mas vou ali ao post seguinte e volto em caso de ser necessário abrir outra garrafa. :))

Mais um abraço para todos e cada um.

Boa semana :)