segunda-feira, maio 11, 2009

.
.
.
Memórias, procuram-se.
.
.
.



.
.
.
Música: pois sem música, que os moçoilos foram ao banho :)

27 comentários:

Justine disse...

A tua foto fez-me recuar quase 50 anos...mas encontrei as memórias minhas:))

(que o teu barco chegue a bom porto)

mdsol disse...

Tiveste piada... Como eu gostava destas cenas. Um grupo e alguém com "instrumento". O resto acontecia mesmo!
Gostei muito. (Nem te passa do que me recordei!rsrsrs)
beijinho
:)))

Nuno de Sousa disse...

Belo trabalho numa excelente imagem, belo olhar fotografico numa foto bem pensada.
Bjs amiga,
Nuno

Arabica disse...

Justine,

há tantos anos que não via um grupo destes na praia, que não resisti a registar.

:)

Quem não tem?

Beijos

Arabica disse...

Mdsol,

e eu!!!!

E à noite, quantas vezes, à volta de uma fogueira? :)

Memórias à solta :)

Beijinhos!

Arabica disse...

Obrigada, Nuno!

Já sabes que eu gosto de fotografar o mundo que me rodeia.

Um Abraço

Duarte disse...

Que ideia mais genial!
Memória, arquivo do tempo ido, que dá felicidade, ou pena.
Sou feliz se recordo aquelas cantigas ao fim da tarde na praia de Angeiras, em Leça, ou em Matosinhos... dói o que não voltará...

Um abraço nostálgico

Mustafa Şenalp disse...

Çok güzel site. :)

simplesmenteeu disse...

Em tempo de agora, um cheirinho do passado

música de um tempo sem horas e de todos os voos possíveis...

Beijo terno

observatory disse...

va lá

tens os meninos a tocar para ti :)



beijo

alice disse...

e que bem minha amiga me sabe uma viola a tocar :) beijinho grande.

~pi disse...

nem sempre são só memórias

( por muito tempo que

tenha passado pode

re

pe tir-se! :)





beijo




~

Teresa Durães disse...

existem agora uns discos externos onde podemos armazenar muita coisa. uns têm 1 Tera. que tal?

bettips disse...

As areias.
As movediças, da memória.
Linda, a espera.

Belos, os globos que a iluminam.
Bjinho

Alien8 disse...

Arabica,

Cenas familiares... excepto talvez a ida ao banho, que à noite não convinha muito...:)

Haja guitarras!

Um abraço.

prof disse...

zzzzzzzzzzzzzzzzzz
e lá recuei eu em alta velocidade. 10, 20, 30, 30 e tal anos!
As fogueiras à noite, na praia, com o chouriço assado e o tinto, nos tempos em que a maior bebedeira era de lua e amizade. Bons tempos, esses, em que se «snifava» maresia...

Arabica disse...

Duarte,


sorri perante a memória de tudo quanto viveste!

São tuas, nem o tempo levará essas doces lembranças.


Um abraço terno e um sorriso, sim?

Arabica disse...

Mustafa,


não faço a minima ideia como te dizer obrigada!

Mas ponho a minha mão direita sobre o lado esquerdo do peito.

Bem vindo.

Arabica disse...

Simplesmente tu,


afinal ainda há tradições que se mantêm! :)

independentemente das diferenças geracionais.

A música como elo de ligação.


Beijo

Arabica disse...

César,

:) tinham ido a banhos.

Nem eles.


Um beijo

Arabica disse...

Li,

pois sabe. :)

E tanta falta me faz a música aqui!



Beijinhos

Arabica disse...

~pi


vivências de hoje são memórias a guardar amanhã. Sempre. :)


Beijinho

Arabica disse...

Teresa,


um disco exterior dava-me imensa graça. Quando eu estivesse com a cabeça no ar, sempre poderia dizer, que tinha ido consultá-lo :)

Acho que vou aderir.

;)

Arabica disse...

Bettips,


as areias quentes das noites de verão da nossa juventude.
Quando se cantava em abraço.
Quando os amigos tomavam forma de irmãos.
Movediças as areias dos caminhos.

Fica a luz da memória.

Arabica disse...

E Beijos, Bettips!

E ainda um abraço! Grande, de noite de verão.

Arabica disse...

Oh Alien só tu para escreveres "cenas familiares" :)
Venham as guitarras.

O banho é o menos :)


Um abraço dedilhado.

Arabica disse...

Prof. ZZZZZZZZZZZZZ :)


Que o chouriço e o tinto, não sejam retirados nesta nova versão.

:)

Belas noites de verão e de alegria.


Beijinhos