quinta-feira, maio 14, 2009

.
.
.

"céu saturado sobre terra anoitecida"
.
.
.





.
.
.

20 comentários:

Duarte disse...

Gosto imenso desse efeito óptico do fim do dia. Quando a luz diurna se inclina logra esses reflexos, esse tom.
É preciso estar ali para conseguir tais fins, não é fácil, pela brevidade.

Abraço-te com a ternura que me inspirou a tua obra.

Alien8 disse...

Arabica,

Belíssimo!

Outro beijo.

Maria disse...

Lindo!
Mas apetece-me brincar um bocadinho...
"terra anoitecida sob céu saturado"
:))))

Beijos

Teresa Durães disse...

céu cansado da noite na terra

Justine disse...

Duas faces da mesma realidade e que se completam na sua beleza cúmplice. Muito belo!

Rui disse...

Anúncio Pessoal: "Terra saturada, procura céu anoitecido para amizade e, quem sabe, algo mais".

Laura disse...

Belíssima fotografia.

tinta permanente disse...

Perfeita a osmose da palavra e da imagem!...


abraços!

Val Du disse...

Que belo céu!

Linda, linda essa foto.

Beijos

mfc disse...

O entardecer... que é quando começa o dia!

Linda foto e linda mensagem...

© Piedade Araújo Sol disse...

Parabéns pela foto.

agradeço o teu comentário às minhas amoras. acho que entendeste muito bem o poema.

obrigada!

beij

observatory disse...

bonito

um ceu que geme

pena nao teres ainda o som :)


bei jo

beijo

maré disse...

é mesmo o que a Teresa disse:

ainda assim

bela.
____
também a imagem pode dizer tudo.
um beijo

Marcia Barbieri disse...

Suas imagens e frases são sempre geniais,além disso,adoro as mudanças de nuances do céu.

beijos ternos

José Manuel Dias disse...

Escolhas perfeitas, como de costume...

su disse...

...céu cansado em todas as cores que se fazem à terra que se queima de fora para dentro...somos testemunhas da beleza fatal...

~pi disse...

terra negra

céu

( seu-céu

oásis

verde-veia,





~

Duarte disse...

Ânimo! O tempo voa, é certo que nem sempre como desejamos, mas enquanto nos permitir desvelar novos horizontes já é positivo.

Que sejas feliz e a semana curta.

Beijinhos meus, para ti.

legivel disse...

... ele há cada coincidência! então não é que ao aumentar a imagem, descobri - mais ou menos ao centro da mesma, a casa do meu primo Heliodoro que farto (até à raiz dos cabelos) de viver na cidade, foi de armas e bagagem para a Serra do Marão viver junto aos que lá estão. Eu seja cão








se isto não é verdade. Tão verdade como a beleza dessas nuvens dum azul esverdeado. Só podia...

Beijos e sorrisos.

mdsol disse...

Hohe só para deixar um beijinho com sotaque das ilhas.
:))