domingo, março 29, 2009

.
.
.
"Cidade Adormecida"
.
.
Foi decretada a mobilização geral,
Bom, isso não teve importância nenhuma
tanto mais que era simplesmente
por causa de haver guerra.
Era uma guerrazinha pequena
que estava metida numa gaiola
e piava muito.
Sempre a pedir alpista e arroz do Sião.
...
...Na guerra só o que se fazia era comer.
comiam-se nabos,
comiam-se lições de inglês
e comia-se muito medo
que nos era dado todos os dias
pelos majores que lá não iam
porque ali era longe.
No fim
comeu-se o decreto de mobilização geral
com o arroz do Sião
que não foi posto na gaiola da guerra.
Voltamos todos a tocar corneta
e sem a espingarda na algibeira
pois se tinha gasto toda
com o andar,
porque não lhe tinham dado botas.
.
.
Mário Henrique Leiria
.
.
.
"Escada paranóica" (1949)









"Auto retrato" (1949)






























.
.
.




6 comentários:

ze disse...

estou a ver que,
valia bem uma biagem de comboio, e duas de metro

a música está inspirada

Arabica disse...



talvez uma de comboio e outra de autocarro? (julgo que é o 728 que faz o trajecto Stª Apolónia - Belém).

ze disse...

Eu se tivesse que ir para belém,
primeiro ia a pé até ao cais do sodré e depois novamente de comboio.
No entanto a exposição já acabou, mas as fotografias que partilhas dá bem para ver quase tudo.
É certo que há coisinhas que só se percebem com o nariz quase a tocar o quadro, mas são coisinhas mais técnicas.
O que me interessa mais, dá para ver aqui.
obrigado.

Arabica disse...

Uma boa escolha, Zé.

Sempre junto ao rio e às Docas.


Bem vindo à exposição.

:)

Duarte disse...

Boa música, para acompanhar o momento de arte que aqui me trouxeste.
Obra muito variada para um só artista: que tampouco conheço.

Beijos para ti.

Alien8 disse...

Arabica,

E aqui fica muito bem o poema do MHL!
Pequenas doses? Isso é que era bom! :)