quinta-feira, janeiro 22, 2009


.

.



“Antes, os psicopatas tocavam num mistério que não queríamos conhecer.


Tínhamos medo deles.


Hoje, temos de competir com os psicopatas, que em geral nos vencem, com sua eficiência,


rapidez e falta de escrúpulos.


Estamos vendo que essa antiga doença vai acabar virando uma ‘virtude’ no futuro.”

.
Arnaldo Jabor, critico, cineasta e jornalista

.

.

.

.

.

.

.
Música: The Boulevard of Broken Dreams, Diana Krall

21 comentários:

heretico disse...

inversão de valores. sem dúvida...
que nos invadem a casa...

beijos

mdsol disse...

O Jabor sabe do que fala...
:)))

triliti star disse...

por outras palavras vinha dizer o que o heretico disse.


e

que o fim de semana que está à porta entre bem.

Duarte disse...

Alguns chamam-lhe progresso.

Beijos

Alien8 disse...

Arabica,

Psicopatas e sociopatas, acrescento eu.

Vi há uns certos anos pela primeira vez, num festival de cinema, o meu primeiro filme de Arnaldo Jabor: "Toda a nudez será castigada". Muito me ri! Nunca mais me esqueci do "bandido boliviano", por exemplo. Há poucos anos, ouvia-o no GNT (Manhattan Connection).

Depois perdi-o de vista, até agora :)

Um beijo.

Val Du disse...

Oiiii. :)

O mundo perdeu o rumo.

Beijos.

Teresa Durães disse...

normalmente os psicopatas são gente intiligente por isso não poderá propagar-se assim tanto com tanto imbecil que existe para aí!

legivel disse...

... se me é permitido botar opinião direi (melhor, escreverei) que o problema dos não psicopatas é destes terem precisamente, patas (como o nome indica) ou seja, são uma espécie de animais rastejantes (que até envergonham os outros animais rastejantes que não são psico) e por isso confundem -devido à sua mobilidade atentória ao bom viver dos não psicopatas que estão em desvantagem física por apenas terem duas pernas... quer-se dizer.
Sobre a propalada inteligência dos psicopatas devo dizer que fui vizinho de um deles que se licenciou em engenharia civil para conseguir andar fardado. Mas a dar cabo da vida ao próximo, aí ninguém lhe ganhava.

Óptima sexta-feira!

Lizzie disse...

Existem mais do que deveriam haver mas, lá venho eu outra vez, olhando para trás, talvez estejam a diminuir.
Se bem que:

hoje fui buscar pessoas ao aeroporto que traziam jornais fresquinhos, estrangeiros e de diversos quadrantes e ia-me dando uma coisa ruim, apesar de já ter perdido a confortável inocência e ingenuidade:

- nos tempos recentes os do Hamas mataram centenas pertencentes e simpatizantes da Al Fatah incluindo crianças;
-a al Qaeda pediu para se matarem judeus e simpatizantes de judeus onde quer que eles se encontrem;
-uma escritora espanhola, porta estandarte de um movimento pacifista, partiu a cara a uma vizinha que por acaso é judia e, dizem os outros vizinhos, não se metia em nada nem com ninguém;
-da Europa onde existiram os tais psiquiatricamente inqualificáveis Hitler, Estaline, Mussolini,Salazar, Franco, p.ex, famílias judaicas estão a fugir para Israel e para os EUA devido a ataques de grupos de cidadãos europeus, nomeadamente em escolas,de colega para colega,
-num país africano uma tribo queimou víveres destinados a matar a fome a outra tribo;
-
-
-.

e eu, que não gosto de opinar sobre estas coisas porque cheguei a um ponto de desencanto surdo mudo, vou ali comer qualquer coisa porque se calhar estou a ter um pesadelo e não dou pelo meu estado de sono.Ou psicose.

Parece que isto se chama dejá vu.

besos

Teresa Durães disse...

(ena... um erro de português no meu comentário...ops!)

ze disse...

" A falta de escrúpulos" é uma vantagem competitiva de tal forma poderosa, que muitos desistem de competir, aceitando submissamente uma pretensa lei natural do "mais mau".

Miguel Barroso disse...

Infelizmente...




Abraços d´ASSIMETRIA DO PERFEITO

Pierrot disse...

Hummmmmmmmmm
Deixaste-me a pensar que diacho.
Curiosa a afirmação de que estamos cada vez mais psicopatas e estes cada vez mais normais.
Acertadíssima
Bjos daqui
Pierrot

jorge vicente disse...

ai não vai não que eu não deixo

nem as pessoas de boa coração deixam. e não são assim tão poucas.

eles que se preparem!

um grande abraço e beijinho de bom fim-de-semana
jorge

DE-PROPOSITO disse...

uma ‘virtude’ no futuro.”
-------------
Formas de ver!... E cada um vê conforme lhe convier.
Fica bem.
Felicidades.

audrey disse...

Alien 8 falou ... nos

Manhattan Connection..............

princípios dos anos 80 ... saudades, imensas!

Duarte disse...

Obrigado pela informação e, ante tudo, pela rapidez na divulgação.
Bom fim de semana.

Beijinhos

Arabica disse...

Audrey...principio dos anos 90...certo? :) e Jabor deixou o programa em 2003.

Mas dos 90 também temos saudades :)

Arabica disse...

Beijos para todos.


Um bom fim de semana.


E que a chuva pare!!! :)

O Árabe disse...

Sinal dos tempos: cada vez mais, se confundem defeitos e virtudes. :) Bom fim de semana!

~pi disse...

não sonho e quanto ao resto

farei um buraco na terra

(onde

viva





beijo





~